CURSO DO HIRO ONLINE

QUEM SOU EU?

Sou Hiro Kawahara, ilustrador e quadrinista. Há quase 30 anos trabalho para para várias agências ilustrando campanhas, embalagens e outros ítens como as toalhinhas de bandeja do McDonald’s, que criei há 26 anos. Nos últimos 4 anos tenho me dedicado também à carreira de quadrinista e já publiquei 3 obras.

SOBRE O QUE É O CURSO?

Meu curso não ensina a desenhar de forma acadêmica. Não ensino fundamentos, como perspectiva, anatomia ou composição. Minha proposta é melhorar a maneira que você desenha a partir de três pontos chave: gestual, percepção e processo criativo.

A intenção é fazer com que o processo seja menos racional e lógico e mais intuitivo e fluido. Como passar uma idéia para o papel, como copiar um objeto, sem questionar demais. O questionamento constante deixa o desenho travado e o processo criativo fragmentado.

É o que eu aprendi durante 35 anos de carreira como ilustrador. O curso presencial ja vai fazer 6 anos, todos com turmas cheias.

É um curso com muito conteúdo subjetivo. Acredito que além da técnica e do treino, existe a mente atrás disso, a pessoa que desenha, que sofre de ansiedade, medos, bloqueios e expectativas. Tudo isso influencia de algum modo o resultado do desenho, seja ele no resultado, seja no processo. Mas, mesmo com conteúdo subjetivo, os exercícios são bem práticos e direcionados.

Screen Shot 2017-06-20 at 1.43.28 PM

COMO SERÁ O CURSO?

Será uma versão adaptada do curso presencial que ministro em São Paulo há 6 anos, apresentando os conceitos básicos do processo de desenho intuitivo.

A maior parte das aulas será focada no sketch, a base do desenho. A última aula será focada na arte final, mais no processo mental de finalização do que o traço em si.

O curso será ministrado todas as terças-feiras, aulas de 2 horas cada em duas turmas (tarde e noite), mais um tira-dúvidas no final do curso, num total de 22 horas.

 

COMO AS AULAS SERÃO MINISTRADAS?

As aulas são online, mas são presenciais (sim, você tem que estar presente enquanto as aulas acontecem). Elas são transmitidas pela plataforma ZOOM, onde consigo desenhar em tempo real sem problemas de sincronia. Você receberá um link por email quinze minutos antes das aulas iniciarem. Você clica no link e poderá assistir no navegador do computador ou do celular. Em alguns casos poderá ser necessário a instalação do aplicativo para visualização para celulares, mas isso depende do modelo.

MATERIAL

Lápis e papel

Canetas esferográficas, brushpen ou tipo Pigma

Papel manteiga

Pincel e tinta nanquim.

Os desenhos que eu farei ao longo da semana serão todos digitais, no Photoshop, mas os exercícios e práticas serão todos analógicos, devem ser feitos diante do computador, a ideia aqui é tirar um pouco do digital do processo de soltura de mão.

CONTEÚDO DAS AULAS

Aula 1 – Movimentos do Sr. Miyagi - Conceitos e movimentos básicos para você parar de raciocinar tanto enquanto desenha, um dos fatores que mais travam o processo fluido e criativo. Confie no instinto na hora de desenhar e talvez você se surpreenda com os resultados

Aula 2 - Desenhar é observar, observar é aprender – Continuando com os processos básicos, aqui praticamos novas formas de observar tanto referências externas (fotos, objetos, imagens) como também referências internas – basicamente o que você imagina ou lembra de memória. Mostramos também a importância do desenho cego para mudar a maneira de processar a informação visual.

Aula 3 – Movimento é vida - O gestual é uma ferramenta de desenho poderosa, aquilo que dá alma para o seu traço, inserindo movimento e expressividade, tornando-se as vezes mais poderosa que a estrutura. O movimento dá a sensação daquilo que a estrutura não consegue.

Aula 4 - Ritmo, Harmonia e Equilíbrio - A beleza do equilíbrio e harmonia tem a ver com o ritmo do desenho. O ritmo só existe quando há harmonia e comunicação entre as partes, e isso pode ser muito mais importante do que a exatidão e a precisão de um desenho.

Aula 5 – Mais Gestalt por favor - Aqui iremos passar por cima pelos princípios de Gestalt, amplamente utilizado na área de design. Como nosso olho e cérebro imagina que percebe as formas, como não ser enganado por ele e como usar a seu favor dentro do seu desenho.

Aula 6 – Você não erra, você cria – Como podemos usar o erro como processo criativo, como aceitá-lo como parte natural do seu desenho. Aqui vemos como a borracha pode ser uma muleta racional se você não tomar cuidado, e como a intuição não é apenas uma sensação esotérica, mas um apanhado de processos mentais onde a consciência não toma partido.

Aula 7 - Processos criativos fazem a diferença - A idéia é mais importante que o desenho, sem ela sua arte vira uma casca vazia, não importa o estilo que use. Aprenderemos com o pedagogo Gianni Rodari como a criatividade impulsiona a o desenho de forma a focar no conceito, e não na forma, e faremos exercícios de criação de personagens aplicando esses conceitos.

Aula 8 – Gentileza gera gentileza – Como um conceito aparente simples e subjetivo é fundamental para criarmos artes com expressividade e sentimento. Algo que não pode ser ensinado em aula, mas pode ser mostrado em exemplos. Aqui também falamos sobre expressões corporais e faciais, e como a percepção do sutil pode fazer a diferença em seu portfólio

Aula 9 – El exorcista – Seu desenho ainda não conversa com sua cabeça, o traço ainda é duro e travado, principalmente quando você passa desenho a limpo. Aqui mostraremos como o controle gera tensão, que vem do raciocínio e do apego do resultado final, e que o foco, além de trazer resultados mais fluidos, gera relaxamento ao invés de tensão. Aprenderemos também a diferença entre fazer o desenho de maneira reativa e de maneira responsiva.

Aula 10 – Arte final, uma sentença – Aqui continuaremos com os processos de relaxamento cerebral para executarmos agora trabalhos com tinta, como finalizar um desenho sem endurecer o traço mesmo com uma referência bem resolvida por baixo. Como monges coreanos podem nos ajudar a ter um processo de desenho mais calmo e atento? Aqui você vai ver que o processo de fazer uma arte final tem muito a ver com o psicológico e preparo mental do que o ato de segurar uma caneta e borrar seu desenho com tinta

Bate-papo-tira-dúvida - Aqui conversamos por um bom tempo onde tiramos dúvidas que não puderam ser sanadas durante as aulas. Geralmente os alunos aproveitam para perguntar sobre carreira, mercado de trabalho, ferramentas, além de dúvidas referentes ao processo intuitivo. Esse bate-papo é feito somente na sexta a noite, quando juntamos as duas turmas para conversar.

Em todas as aulas serão propostos exercícios para serem realizados após o termino das aulas. Cada aluno tem direito a uma correção por semana, que será enviada por email ou por uma pasta Dropbox, que será criada por mim com livre acesso ao aluno.

O conteúdo e a ordem das aulas podem sofrer modificações, dependendo das condições das turmas. 

QUANDO?

Todas as terças a partir do dia 11 de setembro de 2018,

Em dois horários

Tarde: das 15h às 17h

Noite: das 20h30 às 22h30.

O aluno deverá escolher qual período ele deseja frequentar no ato da inscrição.

QUANTO?

R$1.200,00 através do PagSeguro, à vista ou parcelado em ate 12 vezes com juros.

R$1.100,00 para pagamentos em depósito bancário.

Ex-alunos que fizeram qualquer versão do curso online de férias ou quiserem refazer as aulas terão 40% de desconto.

COMO SE INSCREVER?

As inscrições são feitas pelo email youcanbehiro@gmail.com . Você entra em contato conosco, nós enviamos uma ficha cadastral e as instruções de pagamento da forma que voce escolheu.

CURSO ONLINE DE FERIAS

QUEM SOU EU? Sou Hiro Kawahara, ilustrador e quadrinista. Há quase 30 anos trabalho para para várias agências ilustrando campanhas, embalagens e outros ítens como as toalhinhas de bandeja do McDonald’s, que criei há 26 anos. Nos últimos 4 anos tenho me dedicado também à carreira de quadrinista e já publiquei 3 obras. SOBRE O […]

Mentoria Individual Online

O QUE É? Não é uma aula. É uma orientação dirigida e particular feita pelo Hiro Kawahara. QUEM É? Hiro é ilustrador e diretor de arte há 30 anos. Seu trabalho mais conhecido são as toalhinhas de bandeja do McDonald’s, que cria e ilustra há mais de 26 anos. Seu trabalho de ilustração é focado […]

Hiro – Curso de desenho online

Você, que sempre pediu por uma versão online do Curso de Desenho Dinâmico e Intuitivo do Hiro, eis que chegou a hora. Como já é conhecido por muitos, meu curso não tem a proposta de ensinar a desenhar da maneira clássica e acadêmica. Aqui não ensinarei anatomia, composição, perspectiva, sombra e luz ou teoria da […]

Fast Girl # 18 – Bonequinha de Luxo

Nem só de Star Trek vive um nerd. Na opinião deste humilde servo, nunca houve no cinema uma mulher tão linda e elegante como Audrey Hepburn. Megan Fox é cutícula de dedão perto dela (no caso específico dela, um dedão com unha desproporcionalmente pequena). “Bonequinha de Luxo – Breakfast at Tiffany’s” deveria ser visto por […]

7 Bilhões de lâminas de bandeja

Jabásico da vez, segue a lâmina de bandeja do McDonald’s que ilustrei no Painter 12 (não fiz o texto, já veio pronto) anunciando com trombetas no tom que você desejar os 7 bilhões de inquilinos do planeta Terra. Ou, se o mundo fosse um vagão do metrô Barra Funda-Itaquera as 6 da tarde, levando uma […]

Feita no espelho

Audrey Hepburn de cabelo joãozinho ou a vizinha incrivelmente lésbica do andar de baixo? Podia dizer em tom solene que ela faz parte da série “Fast Girls 2.0″, mas a verdade se glamour é que é um teste aham-aham da ferramenta “Mirror” do Painter 12 com um pincel de púbis de camelo bem bacanudo. Faz […]

Coisas curiosas sobre coisas gostosas

Esse é o título da novíssima lâmina de bandeja do McDonald’s, que entrou nas lojas agorinha. Clica na imagem pra ela expandir feito pãozinho na sopa. É um tema um pouco árido, mas é nessa aridez que a gente tem que arrancar a criatividade, não importa o tamanho dela. São fatos sobre várias comidinhas que […]

Grandes direitos das crianças – o livro

Há alguns muitos anos atrás, eu fiz uma lâmina de bandeja com textos do meu comparsa Marcelo Lourenço chamada “Grandes Direitos Para Pequenas Crianças”, ainda na época em que eu trabalhava na Taterka, a agência que cuida da conta do McDonald’s. Quem viu minhas palestras sabe que eu sempre a menciono como uma das minhas […]

Coisas que ninguém sabe que eu desenho

Nem só de coisas fofas e mulheres curvosas vive um Hiro. Como é preciso comer, e comer bem, temos que trabalhar de vez em sempre por dinheiro, embora muitos puristas não concordem com isso. Não sei como, mas não concordam. Na hora em que dinheiro de Banco Imobiliário puder pagar conta de luz eu repenso […]

A cabeça de Miyazaki

Em épocas nada gloriosas da minha vida, particularmente quando minha carreira era fétida e sem perspectivas como uma bola de pelo de gatos, quando havia desistido de ser ilustrador para trabalhar com publicidade, uma das coisas que me deram força pra continuar gostando de desenho em circunstâncias adversas foi Totoro. Toda vez que via Totoro […]

Máquina de fazer xixi e outras mecanices para crianças

Mais um jabásico. Dessa vez é um cenário que eu fiz pro McDonald’s, daquelas pecinhas de teatro que um Ronald genérico faz em diversos lugares do país. Eu sempre faço esses cenários, são sempre produzidos vetorialmente porque eles são produzidos com um tamanho generoso. Também sempre faço, e quase ninguém sabe, também essas lâminas de […]

HQ Mix para a Revista Ilustrar

Alguém tinha que reconhecer o esforço quixotesco ou brancaleonesco que Ricardo Antunes vem fazendo com a Revista Ilustrar após anos de esforço solitário como uma masturbação numa sexta à noite, mas ao mesmo tempo também prazeirosa como uma orgia de fadas lésbicas lindíssimas. Solitário porque ele faz tudo sozinho, e prazeirosa porque o que ele […]

McDia Feliz 2011, a lâmina de bandeja

Deve estar estalando nas lojas do McDonald’s a lâmina de bandeja que fiz pro McDia Feliz 2011, que acontece nesse dia 27. Clica duas vezes nela que ela infla de tamanho. A estrutura é parecida com um pôster que eu fiz pra finada revista Macmania, só que mais elaborada e bem feita. São lâminas que […]

Sketch Jackson

O (sic) filhos de Michael Jackson doaram sketches feitos pelo famoso pai de luvinhas brancas para um hospital em Los Angeles. A maioria são sketches de cadeiras e tronos vazios – façam suas conjecturas metafóricas ou proféticas do lado de fora da loja – e um desenho do Mickey como Aprendiz de Feiticeiro. A dúvida […]

画,画出你的手指流血!

Ainda sobre o outro lado do mundo, vulgo a China, e graças novamente ao Bruno Porto, aproveito pra falar sobre o evento IlustraBrazil China- sim, Brazil com Z – que acontece mês em Xangai. Organizado pela SIB – Sociedade dos Ilustradores do Brasil, com os mesmos participantes da versão brasileira, basicamente é o mesmo conceito […]

Vende-se design, fiado nem amanhã

Quer saber se vender sem se prostituir? O amabilíssimo ilustrador e designer Bruno Porto, pessoa que eu nunca tive o prazer de conhecer pessoalmente mas virtualmente mantendo relações cordialíssimas (obrigado pelo documentário da Disney japonês que você me mandou lá da China) lançou o livro Vende-se Design, da série Manual do Freela, da editora A2B. […]

Amostra grátis de projeto novo

Na nova série do jabásico deste blog, apresento-lhes uma amostra grátis de um projeto novinho novinho, coisa mui bacana, mui interessante. Em alguns dias eu vos apresentarei do que se trata. Sons de contrabaixo espreitando tubarão….

Fadinhas do backup

Ilustração que fiz pro meu amigo Sérgio Miranda, editor da Revista Mac +, que deve estar aí nas bancas trincando de novo. O desenho foi uma releitura (uia!) de uma capa que fiz há 5 anos atrás também pra eles e com a mesma temática, um bicho de 7 cabeças saindo de um Mac Mini. […]

Ovomaltine para todos

Sessão jabásico mostrando indefectivelmente o recém-lançado personagem que fiz para o produto novo da Ovomaltine, o Ovomaltine pronto em caixinha. Como ninguém pensou nisso antes? O personagem ainda não tem nome, só vai ser batizado depois da escolha através de um concurso. O conceito do tornado de chocolate é meio óbvio, é só agitar que […]

Não é fácil ser verde, assim disse aquele sapo

Fazendo valer meu direito de dono deste meio blog mesmo dentro de um período de ostracismo, vai aí mais uma sessão de um jabásico pra divulgar trabalhinhos de minha pessoa, vulgo Hiro. Essa lâmina de bandeja do McDonald’s está rolalndo nas lojas, sobre sustentabilidade, em pareceria com o governo de São Paulo, o texto veio […]

Hiroines, a capa

Ricardo Antunes, pai da Reference Press e casa onde vai assar meu livro “Hiroines” liberou a capa pra ver a luz do dia. Em breve vai ter cheiro de livro novo no ar. Pra saber mais, fique de olho no blog da Reference Press

Duas lâminas de bandeja de uma só vez

Tempo, ó o tempo que não se compra nem por quilo nem por litro. Já se passaram duas lâminas de bandeja do McDonald’s e só agora tive a competência de abrir o blog pra colocar as benditas aqui. Uma é jogando um holofotezinho basico no Big Mac, ainda pra campanha “Simples Simplesmente” que ainda rola […]

Toque-me

Ilustração que fiz pra revista Mac+ que ainda tá latejando de nova nas bancas. Adoro mulheres de meinhas brancas. Só de meinhas brancas.

Obrigado ao melhor cachorro do mundo

UPDATE Hoje o Bisteca deixou de ser um cachorro pra virar uma estrela. Ele se foi depois de 13 anos de serviços prestados abanando o rabo e me dando amizade incondicionalmente se eu estava de bom humor, deprimido ou colérico. Não tem cafuné que me faça sentir menos culpado por ele estar passando os últimos […]